segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Identificando SPAM no Zimbra 8


Essa dica é apenas para eu não ter que ficar procurando no google

Como root:

# cat /var/log/zimbra.log | sed -n 's/.*sasl_username=//p' | sort | uniq -c | sort -n

Identificando a caixa com muitos envios, troque a senha e apague a fila.

Referência:
https://groups.google.com/forum/#!topic/zimbra-br/v98f-dJJ-_c

terça-feira, 4 de setembro de 2018

Perdeu a senha do Zabbix ?

Dica para quem perdeu a senha do Zabbix.

No mysql:

$ mysql -uroot -pSUA_SENHA zabbix;


MariaDB [zabbix]> UPDATE users SET passwd = MD5('SUA_NOVA_SENHA') WHERE userid = 1;


MariaDB [zabbix]>exit

Feito, basta acessar sua interface web com a nova senha.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

DNS registro.br + MX Google


Uma dica simples (Supondo que você entenda a configuração de DNS):

Adicionando um MX hospedado no Google ao DNS do registro.br

Vá nas configurações de Zonas e adicone :


Entradas MX !!!

exemplo.com.br     0   aspmx.l.google.com
exemplo.com.br     10  alt1.aspmx.l.google.com
exemplo.com.br     10  alt2.aspmx.l.google.com
exemplo.com.br     20  aspmx2.googlemail.com
exemplo.com.br     20  aspmx3.googlemail.com


Logo, o nome fica em branco, o valor é o da segunda coluna e os servidores ficam na terceira coluna.

O FreeDNS do registro.br funciona e é uma excelente opção para quem não quer levantar um Bind.



quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Dica - removendo leases dhcp no PfSense

Dica : As vezes necessitamos remover um conflito de IP gerado por IP's fixos X IP dinâmicos

Usando a opção 8 para acessar o shell :

# rm -f /var/dhcpd/var/db/dhcpd.lease*

E mande um restart no serviço DHCP.

abraço.

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Rotas estáticas via dhcpd

No post anterior falei sobre rotas estáticas criadas "na mão".

Eu considero ruim ter que configurar máquinas com IP fixo, ou sempre ter que fazer alterações. Logo, prefiro que o gateway faça as rotas, ou o DHCP se for algo específico.

Geralmente Impressoras me dão essa dor de cabeça (eu odeio Impressoras).


Abaixo uma config simplória do arquivo dhcpd.conf (Linux ou FreeBSD)
 
 
#CONFIGURACAO DHCPD.CONF 

ddns-update-style none; 

subnet 10.1.1.0 netmask 255.255.255.0 { 
            range 10.1.1.20  10.1.1.100;  
            option routers 10.1.1.1; 
            option domain-name "exemplo.com.br"; 
            option domain-name-servers 10.1.1.5;
} 

host impressora-exemplo { 
      hardware ethernet a1:b2:c3:d4:e5:f6; 
      fixed-address 10.1.1.10;  
      #O segredo é declarar um "option routers" só pra ela ;)
      option routers 10.1.1.254
 } 
 #EOF
 
Então, toda a rede possui gateway apontando para "10.1.1.1" e a impressora aponta para "10.1.1.254"
 
E não há a necessidade de ficar fixando IP no painel, basta possuir o MAC ADDRESS, no exemplo citado como: a1:b2:c3:d4:e5:f6
 
OBS: não esqueça de reiniciar o serviço após fazer a alteração.
 
 
 
Referência:
Copiei o arquivo daqui:
https://www.vivaolinux.com.br/etc/dhcpd.conf-ardezzoni/ 
 

Rotas estáticas sem mistérios.

As vezes escrever por escrever, neste caso por que nunca lembro como se faz no Windows 2000/2003 eu sempre esqueço do 'mask' .

Resolvi escrever sobre rotas estáticas, uma maravilha simples, mas que causa dor de cabeça nos iniciantes.

Supondo que você queira chegar até a rede 10.1.1.0/24 e que seu gateway para esta rede seja o IP 192.168.0.254.



Rotas no Linux (não interessa a distribuição)

Visualizar
# netstat -rn

Adicionar
# route add -net 10.1.1.0/24 gw 192.168.0.254

Remover
# route del -net 10.1.1.0/24

Limpar tudo
# route flush


Rotas no FreeBSD/Solaris

Visualizar
# netstat -rn

Adicionar
# route add 10.1.1.0/24 192.168.0.254

Remover
# route delete 10.1.1.0

Limpar tudo
# route flush


Rotas no Windows 98/2000/XP/2003 Há a necessidade estar como Administrador, e não somente no grupo "Administradores".

Visualizar
c:> route print

Adicionar
c:\> route add 10.1.1.0 mask 255.255.255.0 192.168.0.254

Remover
c:\> route delete 10.1.1.0

Limpar tudo
c:\> route -f

Rotas no Windows 7/8/10/2008/2012 ( requer elevação - quer dizer: execute como Administrador ).

Visualizar
c:> route print

Adicionar
c:\> route add 10.1.1.0/24 192.168.0.254

Remover
c:\> route delete 10.1.1.0
 

Limpar tudo
c:\> route -f


Beleza, agora é só implementar suas rotas.









Criação de discos virtuais no Linux.

Dica para criar o disco antes da instalação. Eu particularmente sou fã do virt-manager, acho simples usar o ssh -X para acessar, mas também acho "chato" ficar configurando detalhes na interface gráfica.

Então resolvi escrever estes comandos para que eu (e vocês) possamos lembrar.

Baseado no CentOS seguem duas maneiras de fazer a mesma coisa :


Usando qemu-img - pacote qemu-img :

# qemu-img create -f raw NOME-DO-DISCO.img 10G


Usando fallocate - pacote util-linux :

# fallocate -l 10G NOME-DO-DISCO.img


As duas maneiras criação discos são rápidas, particularmente prefiro usar o qemu-img.


Como é apenas uma dica, fica aberta a mais opções.