terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Usando Squid + tmpfs no FreeBSD

Dica:

Uma forma simples de reduzir o I/O do Squid.

Adicione no /etc/rc.conf as linhas:

---
tmpmfs="YES"
tmpsize="2G"
tmpmfs_flags="-S"
---

E no arquivo /etc/rc.local:

---
mkdir /tmp/squid
chown -R squid:squid /tmp/squid
/usr/local/sbin/squid -z
/usr/local/etc/rc.d/squid start
---

O arquivo /etc/rc.local faz com que seja criadas as pastas e permissões para o squid largar os seu cache e log, o que reduz o I/O.

Para não perder os logs, eu tenho usado o Sarg, que joga para disco de forma legível para humanos ;)

Claro, pode-se de tempos em tempos jogar para disco tudo que está sendo criado.

OBS: Sim, neste caso eu não tenho criticidade caso ocorra um reboot.

e um abraço.