domingo, 15 de fevereiro de 2009

Recuperando bootloader com Kurumin

Um dos meus primeiros artigos, farei algumas correções inclusive:

http://br-linux.org/tutoriais/001686.html

___

Se você deu um “cfdisk /mbr” sem querer no MSDOS, e não possui um disco de boot da sua distribuição, este tutorial vai lhe ajudar usando o Kurumin/qualquer LiveCD como ferramenta.

Recuperando o BootLoader com Kurumin

Por: João Luis Mancy dos Santos joaocep at yahoo.com.br
Muitas vezes perdemos o acesso a uma partição raiz por erro de um software ou humano. Supondo que realizamos um famoso “c:\fdisk /mbr” através do MSDOS ou MS-Windows em nosso HD, ou a reinstalação do seu Windows XP/Vista e Assim, se não possuimos o disquete de boot com grub ou pendrive de nossa distribuição estamos perdidos.

Mas com o Kurumin tudo ficou mais facil e prático. Para quem usa o Gentoo o princípio é o mesmo:
1 - Inicie com o CD do Kurumin (boot através de CDROM)
2 - Acesse o Console com CTRL + ALT + F1
3 - Descubra qual a partição que está montada a raiz de seu sistema linux, para que não ocorra nenhum problema e os famosos “kernel panic” de problemas com o arquivo /etc/fstab (Necessariamente a mesma ex: Se era hda2, procure manter a raiz na mesma partição, e o HD como Primary Master também).

# cfdisk /dev/hdX onde X é seu HD (a, b, c…) descubra a partição linux raiz e saia sem alterar nada.

(se for HD SATA /dev/sdXX)

DICA: O Kurumin cria automaticamente as partições em diretórios dentro do /mnt , sendo assim, você deverá apenas montá-los

# mount /mnt/hdXX onde XX é sua partição raiz ” / “

(se for HD SATA /dev/sdXX)

Descobrindo qual é a sua partição raiz, vamos para o próximo passo.
4 - Passando seus devices e processos para seu antigo linux.

# mount -o bind /proc /mnt/hdXX/proc

# mount -o bind /dev /mnt/hdXX/dev
5 - Assumindo o nosso falecido linux finalmente:

# chroot /mnt/hdXX /bin/bash
Pronto, agora so tocar ficha. No caso do Bootloader basta editar o arquivo /etc/lilo.conf e digitar:

# lilo

(no caso do grub é mais simples - #grub-install /dev/hdX)

Caso ele não esteja no PATH basta adicionar o PATH:

# export PATH=$PATH:/sbin - ou qualquer outro diretório que contenha
arquivos ou scripts.
Nesta dica falo somente sobre lilo, mas também dá para recuperar arquivos ou mesmo um Kernel. Basta usar seus conhecimento. Aqui eu usei o Kurumim, mas use a distro de sua preferência, agora tem até Mandrake e Slack.

Boa sorte.